gallery wordpress plugin

Organizado pelo Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) e pela Universidade de Macau, e ainda co-organizado pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau e também apoiado pelo Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, foi realizado com grande sucesso o “Seminário sobre o Ensino e Formação de Bilingues entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, nos dias 7 e 8 de Dezembro, em Macau.

Participaram no seminário mais de 100 especialistas e académicos de institutos de ensino superior e instituições de educação da China Continental, de Macau e dos Países de Língua Portuguesa, bem como autoridades pertencentes a serviços relevantes dos Países de Língua Portuguesa e figuras do sector industrial e comercial de Macau, incluindo representantes de grupos comerciais e empresariais, contabilísticos, de auditoria e advocacia, entre outros. Discutiram-se, em conjunto, temas relacionados com a formação de quadros bilingues nas línguas Chinesa e Portuguesa.

Nos dois dias de seminário, houve três discursos temáticos e duas sessões paralelas. Nestas sessões, foram discutidos, em profundidade, vários temas importantes, dizendo respeito ao papel de Macau como plataforma para a promoção do desenvolvimento e aprofundamento dos contactos sociais, culturais e económicos, numa conjuntura multicultural. Discutiu-se o papel da Língua Portuguesa e a formação de quadros bilingues em Chinês e Português nas relações de cooperação cultural, económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Falou-se da necessidade de quadros bilingues de Chinês-Português no sector económico e das oportunidades e desafios enfrentados no âmbito da formação de quadros bilingues em Chinês-Português, entre outros. O Secretário-Geral Adjunto do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dr. Ding Tian, e a Directora do Centro de Ensino e Formação Bilingue Chinês-Português, Prof.ª Dr.ª Ana Nunes, proferiram os discursos de encerramento do seminário.

O Dr. Ding Tian afirmou que, ao longo dos 15 anos que decorreram desde o estabelecimento do Fórum de Macau, as relações comerciais entre a China e os Países da Língua Portuguesa têm vindo a desenvolver-se de forma continuada e profunda. As áreas de cooperação alargaram-se e cresceram de forma dinâmica e, em virtude disso, a necessidade de talentos bilingues Chinês-Português é cada dia mais premente.

Devido ao intercâmbio cultural sino-lusófono e às suas vantagens linguísticas e culturais inerentes, Macau é uma ponte de ligação importante no comércio e na cultura entre a China e os Países da Língua Portuguesa. Após o estabelecimento, em 2011, do Centro de Formação do Fórum de Macau, com a cooperação e apoio do Centro de Formação do Ministério do Comércio da China e dos institutos de ensino superior de Macau, bem como de grupos sociais e empresas, Macau passou a oferecer oportunidades de estudo em diversas áreas às autoridades e representantes sociais e empresariais, sobre os Países de Língua Portuguesa. O Secretariado Permanente continuará a apoiar o Governo da RAEM no sentido de construir uma base de formação de quadros bilingues de Chinês-Português, reforçando na íntegra o papel do Fórum de Macau como uma “ponte invisível”, estimulando de forma efectiva a formação de talentos bilingues, e contribuindo activamente para a obtenção de maiores e melhores êxitos na cooperação em diversas áreas entre a China e os Países da Língua Portuguesa.

A Prof.ª Dr.ª Ana Nunes sublinhou que o intercâmbio económico e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa está a ser cada vez mais frequente e, por consequência, tem crescido a necessidade do aumento de talentos bilingues. A responsável enfatizou a necessidade de melhorar a competência linguística dos estudantes, tomando em consideração as oportunidades e necessidades do mercado, no sentido de reforçar o domínio e a guarda dos conhecimentos adquiridos em outras áreas, formando, assim, talentos polivalentes e bilingues. Foi também este assunto um dos objetivos do seminário e um dos alvos mais importantes da iniciativa do Centro Bilingue Chinês-Português.

Graças aos esforços de todas as partes, o seminário obteve bons resultados, promovendo o diálogo e o intercâmbio entre a comunidade académica e a comunidade empresarial. O seminário serviu de grande inspiração para a formação futura de quadros bilingues mais pragmáticos e eficazes na sua acção. Ao mesmo tempo, através da plataforma de Macau, aprofundaram-se os laços culturais entre a China e os Países de Língua Portuguesa.