Uma exposição sobre a arte portuguesa do azulejo, co-organizada pela primeira vez pelo Museu do Palácio da China e pelo Museu Nacional do Azulejo de Portugal, foi inaugurada na terça-feira em Pequim.

Num comunicado, o Museu do Palácio da China disse que a exposição “O País das Cidades Vidradas: 500 anos do Azulejo em Portugal” exibe mais de 50 desenhos de azulejo, desde o século 16 até ao século 21.

Com os frequentes intercâmbios comerciais e culturais entre a China e Portugal, a arte de produção de porcelana e a estética chinesas tiveram também influência na arte portuguesa do azulejo, diz o Museu no comunicado.

A exposição, realizada no Palácio da Eterna Longevidade, que faz parte do Museu do Palácio, vai estar aberta ao público até 7 de Outubro.