Dados das Trocas Comerciais

Estágio de formação para jornalistas dos Países de Língua Portuguesa na TDM

Com o intuito de reforçar a cooperação na área da televisão entre a China, Macau e os Países de Língua Portuguesa em concordância com os objectivos plasmados no 4º Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial assinado pelos Ministros participantes do Fórum de Macau em 2013, e nomeadamente na utilização de Macau como plataforma de troca de conteúdos, informações e programas entre os Países de Língua Portuguesa com intuito de reforçar a cooperação mútua entre si contemplada no ponto 12.3 do mesmo Plano, o Secretariado Permanente do Fórum de Macau associa-se à iniciativa da TDM-Teledifusão de Macau, S.A. para estágios de Formação de Jornalistas das Estações de Televisão e Agências de Notícias dos Países de Língua Portuguesa, para a produção de notícias com a tecnologia de informação.

Os estagiários da Agência de Informação de Moçambique (AIM), Televisão Santomense (TVS), Agência de Notícias da Guiné (ANG), Radiotelevisão Cabo Verdiana (RTC) e Televisão Pública de Angola (TPA) completaram os seus estágios de formação na TDM S.A. em períodos quinzenais que decorreram de 14 de Setembro a 6 de Dezembro do corrente ano, num total de 10 técnicos destes Países de Língua Portuguesa.

Os estagiários receberam formação nas técnicas de utilização de câmaras digitais com gravação em cartões de memória em “solid state”, na sonorização e edição de notícias e ainda na troca de notícias via Internet.

Visitaram ainda o Secretariado Permanente do Fórum de Macau, sendo-lhes apresentado pela Secretária-Geral Adjunta do Fórum de Macau, Dra. Rita Santos, o “Papel de Plataforma de Macau nas relações económicas, comerciais e culturais entre a China e os Países de Língua Portuguesa” e mantiveram estreitos contactos com os Delegados de Angola, Dr. Belarmino Barbosa, de Cabo Verde, Dr. Mário Vicente, da Guiné-Bissau, Eng. Malam Camará e de Moçambique, Dra. Esmeralda Patrício junto do Secretariado Permanente do Fórum de Macau.

A presente iniciativa visa concretizar uma decisão ministerial contemplada no 4º Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial para troca de informações e conteúdos nas plataformas dos meios de comunicação social, nomeadamente os canais televisivos e de rádio.