Notícias

Tuneladora fabricada na China vai ser utilizada na construção de túneis em Lisboa

As obras para a construção dos dois túneis previstos no Plano Geral de Drenagem de Lisboa (PGDL) devem começar neste mês de Setembro em Campolide, referiu a câmara municipal no dia 6 de Setembro, sem indicar datas concretas.

A construção dos dois túneis será feita com a tuneladora H2OLisboa, fabricada na China, que tem 130 metros de comprimento e avança cerca de 10 metros por dia, de acordo com informação disponibilizada no site oficial do PGDL.

Um dos túneis começa em Campolide e sai em Santa Apolónia, com uma extensão de cerca de cinco quilómetros, e o outro será construído a partir do Beato, na Avenida Infante D. Henrique até Chelas, com uma extensão de um quilómetro.

Com o período de execução 2016-2030 e um investimento total de cerca de 250 milhões de euros, o Plano Geral de Drenagem de Lisboa tem o objectivo de proteger a cidade para os impactos das alterações climáticas, nomeadamente para evitar cheias.