Dados das Trocas Comerciais

Trocas comerciais entre China e países lusófonos crescem 4 por cento

O comércio entre a China e os Países de Língua Portuguesa aumentou 4,06 por cento nos primeiros nove meses de 2014 para um total de 102,59 mil milhões de dólares, de acordo com dados dos Serviços da Alfândega da China.

A China vendeu aos países lusófonos produtos no valor de 33,24 mil milhões de dólares, uma subida de 3,98 por cento quando comparado com o ano anterior. O valor das importações chinesas dos mercados lusófonos atingiu os 69,35 mil milhões de dólares, um crescimento de 4,10 por cento.

O valor das trocas comerciais no mês de Setembro manteve-se estável, alcançando o valor de 12,52 mil milhões de dólares, o mesmo registado em Setembro de 2013.

Nos primeiros nove meses do ano, o Brasil foi o principal parceiro lusófono da China, registando trocas comerciais globais no valor de 68,23 mil milhões de dólares, uma subida de 1,38 por cento face aos primeiros nove meses de 2013.

No segundo lugar surge Angola, com as trocas comerciais a totalizarem 28,26 mil milhões de dólares, um aumento de 4,31 por cento. Portugal foi o terceiro principal parceiro da China, com o valor das trocas comerciais a subir 24,93 por cento para 3,61 mil milhões de dólares.

As trocas comerciais entre a China e Moçambique cresceram 95,27 por cento entre Janeiro e Setembro para 2,33 mil milhões de dólares, segundo dados oficiais.

Os restantes Países de Língua Portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – registaram trocas comerciais de 145 milhões de dólares com a China.

Trade China, PSC, September 2014
Trade China, PSC, September 2014