Notícias

Cooperação sino-angolana com margem para crescer: Embaixador chinês

O novo Embaixador da China em Angola, Cui Aiming, comprometeu-se na segunda-feira a explorar novas áreas de cooperação bilateral durante o seu mandato naquele país africano, informou a agência oficial chinesa de notícias Xinhua.

Cui Aiming falava numa cerimónia na capital angolana, Luanda, onde apresentou as credenciais ao Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

Citado pela Xinhua, o Embaixador frisou que Angola é um importante parceiro estratégico da China em África e lembrou que o Governo chinês atribui uma elevada relevância ao desenvolvimento dos laços sino-angolanos.

Durante a cerimónia, Cui Aiming comprometeu-se ainda a empenhar-se para garantir a implementação dos acordos bilaterais assinados em Junho, aquando da visita do Presidente angolano a Pequim.

Por outro lado, José Eduardo dos Santos – também citado pela Xinhua – salientou o forte contributo da China para o desenvolvimento socioeconómico de Angola. O Chefe de Estado angolano sublinhou que os dois países podem reforçar a cooperação bilateral em diversas áreas, estabelecendo parcerias estratégicas mais fortes, de modo a lidarem com eventuais dificuldades.

De acordo com a agência noticiosa, o Presidente de Angola lembrou também que a China é uma potência em ascensão e que tem vindo a desempenhar um papel cada vez mais importante no mundo.