Notícias

Moçambique acelera reformas económicas, diz ministro

O ministro da Indústria e Comércio de Moçambique, Armando Inroga, garantiu que o governo está a acelerar a introdução e aplicação de reformas económicas a fim de conseguir melhorar o ambiente de negócios, de acordo com o jornal de Notícias.

O ministro adiantou que as reformas são necessárias para aumentar a competitividade de Moçambique entre os países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) e criar melhores condições para atrair investimentos.

Armando Inroga referia-se a um conjunto de medidas de política económica tomadas pelo governo e que incluem a adopção de um formulário único para o registo de empresas e uma central de risco de crédito a ser aprovada brevemente pela Assembleia da República.

“Temos igualmente a lei da insolvências, o licenciamento comercial e industrial simplificados, sendo que a execução de todas estas medidas … vão permitir que Moçambique suba mais lugares quando o Banco Mundial apresentar o próximo relatório ‘Doing Business’”, referiu o ministro, citado pela publicação local.

No mais recente relatório do Banco Mundial sobre a competitividade das economias mundiais, publicado em finais de Outubro, Moçambique subiu 15 lugares e ocupa agora a 127ª posição.