Notícias

Moçambique prevê quebra de 5% na produção de cereais em 2015/16

O Governo de Moçambique prevê uma quebra anual de 5 por cento na produção de cereais durante a campanha de 2015/16, revelou na semana passada o Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, José Pacheco.

De acordo com o governante, as estimativas apontam para uma produção total de 2,39 milhões de toneladas, noticiou a agência noticiosa moçambicana AIM.

José Pacheco explicou que a quebra na produção está relacionada com o facto deste ter sido um ano atípico, influenciado negativamente por condições climáticas adversas, nomeadamente secas nas zonas sul e centro do país, bem como fortes chuvas e inundações a norte.

O Ministro sublinhou que uma das prioridades das autoridades de Moçambique é o investimento em estruturas de irrigação, que possibilitem regular e maximizar o uso dos caudais dos rios para fins agrícolas.

José Pacheco acrescentou, citado pela AIM, que o Governo moçambicano pretende continuar a apostar na revitalização do sector de produção de algodão, a principal fonte de rendimento para cerca de 200 mil famílias no país.