Notícias

Moçambique recebeu primeiras vacinas chinesas contra COVID-19

A primeira remessa de 200 mil doses de uma vacina contra a COVID-19, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinopharm Group Co. Ltd., chegou na quarta-feira à capital moçambicana, Maputo.

Segundo um comunicado da Embaixada da China em Moçambique, o Primeiro-Ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, disse que a doação reflecte a forte amizade entre os dois países.

A China está disposta a facilitar o fornecimento de mais doses de vacinas a Moçambique, sublinhou o Embaixador chinês em Maputo, Wang Hejun, durante a cerimónia de entrega.

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, disse que a chegada da vacina ao país é o resultado de contactos com o Presidente chinês, Xi Jinping, mantidos “nos últimos dois meses”.

Numa primeira fase, as vacinas servirão para proteger “grupos prioritários, entre eles, os profissionais da saúde”, escreveu Filipe Nyusi nas redes sociais.