Notícias

Maranhão acelera a inserção do Brasil na Nova Rota da Seda da China

O Simpósio Internacional “As Potencialidades do Maranhão na Nova Rota da Seda da China: Oportunidades de Negócios e de Desenvolvimento para o Brasil” promovido pela Fundação Sousândrade em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Económico e Programas Estratégicos do Governo do Maranhão foi encerrado com sucesso para a inclusão do Maranhão na expansão da Iniciativa de Rota da Seda da China.

O evento contou com o Professor Paul Lee, da Universidade Zhejiang, um dos idealizadores do estudo “Strategic locations for logistics distributions centers along the Belt & Road”, no qual a capital maranhense foi apontada como um dos pontos estratégicos para a expansão da Nova Rota da Seda da China em 2020.

O Maranhão foi convidado, como o primeiro estado do Brasil, a integrar a Iniciativa de “Nova Rota da Seda”, uma proposta de cooperação internacional da China, relacionado a um megaprograma mundial de investimentos, envolvendo 65 países, compreendendo quase 62% da população do planeta e 30% do Produto Interno Bruto de todo o mundo.