Notícias

Huawei foi a principal depositante de patentes de software registadas no INPI

Levantamento feito pela Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), com dados de 2012 a 2019, mostra que as empresas de telecomunicações continuam a ser os principais depositantes de patentes de software no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Do total de 1.114 pedidos em 2019, 345 foram feitos por brasileiros, e 799, por estrangeiros. Segundo o estudo da Assespro-PR, a gigante chinesa Huawei foi a principal depositante de patentes de software no INPI, com 117 pedidos em 2018 e 2019. Seguiram-se Guangdong (China), Sony (Japão), Qualcomm (EUA) e Ericsson (Suécia).

Segundo a Assespro-PR, o crescimento do pedido de registo por centros de educação e de pesquisa é de 200%. A subida deve-se à promulgação da Lei da Inovação, que passou a estimular o patenteamento da produção tecnológica dessas entidades e a maior interacção com o sector produtivo.