Notícias

Empresa australiana vai processar terras raras angolanas no Reino Unido

A Pensana Rare Earths Plc anunciou na semana passada ter submetido um pedido para construir a primeira unidade de processamento de terras raras do Reino Unido, em Yorkshire, no norte de Inglaterra, num investimento avaliado em US$125 milhões.

Num comunicado enviado à Bolsa de Valores de Londres, a empresa australiana refere que a unidade vai processar minério de uma mina em Longonjo, na província angolana do Huambo.

A Pensana enviou 100 toneladas de minério de Longonjo, através do porto de Lobito, no centro de Angola, para serem testadas em instalações da empresa em Perth, no sudoeste da Austrália.

A Pensana anunciou em Julho o início de negociações para nomear a empresa estatal chinesa China Great Wall Industry Corp como principal empreiteira dos trabalhos de engenharia, contratação e construção do projecto de Longonjo.

A empresa acrescentou que vai procurar financiamento para estes trabalhos junto de bancos comerciais chineses, com seguro de crédito da seguradora estatal chinesa China Export and Credit Insurance Corp.