Notícias

China mantém apoio a Guiné-Bissau em 2016: Embaixador

A China vai continuar a apoiar o Governo da Guiné-Bissau em 2016 na luta contra a fome e a pobreza, garantiu na semana passada o Embaixador chinês no país africano, Wang Hua.

De acordo com o portal de notícias online Macauhub, Wang Hua esteve reunido na sexta-feira com o Primeiro-Ministro guineense, Carlos Correia, na capital do país, Bissau. Após o encontro, o diplomata explicou que as duas partes definiram um conjunto de medidas para reforçar a cooperação bilateral.

De acordo com o Embaixador, no primeiro trimestre de 2016, a China deverá dar início a uma série de projectos na Guiné-Bissau ligados aos sectores da energia e das pescas.

Na semana passada, o Governador da região guineense de Biombo, Humberto Có, anunciou que a empresa chinesa Fujian Shihai Corporation planeia investir US$300 milhões para desenvolver um complexo de pesca e um hotel de cinco estrelas em Suru, no sector de Prabis. A companhia chinesa espera dar início em breve aos respectivos trabalhos de construção, acrescentou Humberto Có.