Notícias

China é o maior exportador e importador de Angola

O Instituto Nacional de Estatística de Angola divulgou recentemente um relatório sobre estatísticas da conjuntura económica referente ao primeiro trimestre de 2022. Segundo os dados, a China sobressai-se nas exportações e importações angolanas.

De acordo com os dados, as máquinas (19,3%) a par dos combustíveis (18,6%) lideram a lista dos bens mais importados de Angola, seguidos pelos produtos agrícolas (14,9%); os químicos (13,2%), veículos e outros meios de transporte (7,8%). A China continua a ser o maior fornecedor de Angola com um peso de 13,4%, seguido pela Bélgica (12,5%), Portugal (11,7%), Países Baixos (6,6%) e Estados Unidos da América (5,4%).

Relativamente à exportação, os combustíveis e diamantes mantêm-se entre os produtos mais exportados. No geral, a China é que mais compra com um peso de 51%, seguido pela Índia (12,3%), França (6,6%), Reino Unido (4,5%) e Emirados Árabes Unidos (2,8%).