Notícias

Banco da China em Macau quer reforçar laços financeiros com mercados lusófonos

O Presidente da Sucursal de Macau do Banco da China (BOC, na sigla chinesa), Li Guang, disse que o banco estatal chinês quer reforçar, após a pandemia da COVID-19, o intercâmbio e cooperação com o sector financeiro dos Países de Língua Portuguesa.

O responsável prometeu que o BOC irá envidar esforços para ajudar Macau a criar uma plataforma para a prestação de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Segundo um comunicado do Gabinete de Comunicação Social do Governo de Macau, Li Guang falava na semana passada, durante um encontro com o Chefe do Executivo de Macau, Ho Iat Seng.

O governante disse estar convicto que o lançamento da zona de cooperação aprofundada entre Guangdong e Macau na ilha vizinha de Hengqin irá fomentar a inovação e desenvolvimento das tecnologias no sector financeiro e crescimento do sector bancário.