Notícias

Associação comercial quer criar Museu do Café em Macau

A Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos (ACIML) está a planear a criação de um Museu do Café em Macau, para promover o hábito de beber café na China Interior, avançou a Macau News Agency (MNA).

O Presidente da ACIML, Eduardo Ambrósio, sublinhou que o grupo está a promover café de Timor-Leste, Brasil e São Tomé e Príncipe na Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa (Macau) 2020, que arrancou na quinta-feira.

As exportações de café dos países lusófonos para o mercado chinês estão a aumentar 25 por cento este ano apesar da pandemia da Covid-19, disse o responsável à agência noticiosa.

Eduardo Ambrósio revelou-se confiante numa recuperação das importações chinesas dos Países de Língua Portuguesa em 2021, após uma queda de 7,9 por cento na primeira metade deste ano, segundo dados oficiais da Administração Geral das Alfândegas da China.