Notícias

Empresa sino-brasileira envia material médico para Wuhan

A empresa chinesa Xuzhou Construction Machinery Group Co. Ltd. (XCMG) anunciou que a sua subsidiária brasileira enviou 10 mil artigos médicos para apoiar a luta contra o surto de coronavírus em Wuhan.

Num comunicado divulgado na segunda-feira, a XCMG disse que os funcionários da XCMG Brasil Lda. “contribuíram activamente” no mês passado para a compra de material médico, incluindo máscaras cirúrgicas e roupa de protecção.

A XCMG, actual líder da Associação Brasileira de Empresas Chinesas, diz que apelou a todos as empresas que pertencem à associação a se juntarem à luta contra a epidemia de coronavírus.

Segundo o comunicado, mais de 329 máquinas fabricadas pela XCMG, incluindo gruas, escavadoras, rolos compressores, carregadores e betoneiras, foram enviadas para ajudar na construção de hospitais e alas de urgência em oito cidades chinesas.

Um número que inclui os hospitais de Huoshenshan e Leishenshan, inaugurados este mês em Wuhan, com um total de 2.600 camas para doentes em condição crítica ou grave.