Notícias do Fórum de Macau

Workshop sobre o Comércio de Exportação dos Produtos Agro-alimentares do Brasil

Com o objectivo de promover Macau como uma plataforma de serviços para a cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, bem como aprofundar a cooperação económica regional e apoiar as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) de Macau e das regiões vizinhas na melhoria do seu conhecimento sobre os mercados dos vários países lusófonos, o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e o Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) organizaram um Workshop sobre o Comércio de Exportação dos Produtos Agro-alimentares do Brasil.

O workshop decorreu no Centro de Apoio Empresarial do IPIM, às 10 horas do dia 2 de Abril de 2015 (quinta-feira) e atraiu mais de 140 representantes de entidades económicas e comerciais, empresários e investidores. A actividade permitiu aos participantes conhecer melhor o sistema de comércio de exportação de produtos agro-alimentares brasileiros, numa iniciativa que visou também promover o desenvolvimento da cooperação económica e comercial entre Macau e o Brasil.

O Dr. Augusto César Castro, Primeiro-Secretário da Embaixada da República Federativa do Brasil em Pequim e Delegado do Brasil junto do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, foi um dos oradores convidados para o workshop. A actividade incluiu uma apresentação – dedicada a agentes e distribuidores – sobre os produtos agro-alimentares e outros produtos alimentares brasileiros e sobre o sistema de exportação do país sul-americano. Na sessão, foram divulgados ainda os dados económicos mais recentes referentes ao mercado brasileiro.

Durante o evento, outros convidados partilharam também as suas experiências no que diz respeito à exportação de produtos do Brasil, incluindo a Dra. Jenny Tong, Directora-Geral da Seng Pan International Company Ltd., e o Dr. Fernando Marques, Presidente do CME Restaurante e Bar.

“Como o maior mercado nacional entre os Países de Língua Portuguesa, em termos de tamanho, população e dimensão económica, a cooperação e intercâmbio entre o Brasil e Macau tem vindo a crescer ao longo dos últimos anos, com destaque para a economia e comércio, turismo, desporto e cultura, entre outras áreas”, referiu o Dr. Jackson Chang, presidente do IPIM, no seu discurso de boas-vindas na abertura do workshop.

“Em 2014, o volume das trocas comerciais entre Macau e o Brasil ascendeu a 41 milhões de dólares norte-americanos, um crescimento de 36 por cento em relação ao ano anterior. Actualmente, o Brasil é o maior parceiro comercial de Macau entre os Países de Língua Portuguesa e da América Latina. Macau importa vários produtos brasileiros, designadamente carne de porco congelada, carne bovina e asas de frango congelado, entre outros”, acrescentou o Dr. Jackson Chang.

O workshop incluiu ainda uma sessão de apresentação de produtos alimentares brasileiros, nomeadamente café, pães confeccionados com farinha e açúcar brasileiros, e refrigerantes produzidos por fábricas localizadas na China criadas por empresas brasileiras. Durante o workshop, foram também disponibilizados uma bolsa de contactos e serviços de consultadoria.

Entre os participantes, estiveram representantes da Associação de Pequenas e Médias Empresas de Macau, da Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos, da Associação Comercial de São Paulo, da Associação das Ourivesarias de Macau, bem como de organismos oficiais de coordenação económica e de empresas de Guangzhou, Shenzhen, Hong Kong, Zhuhai, Zhongshan e Jiangmen, entre outras regiões vizinhas.