Notícias

Universidades do Brasil e da China renovam cooperação

A Universidade de Tsinghua, na China, e a Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Brasil, renovaram este ano o projecto de cooperação relativo a um centro de investigação nas áreas das alterações climáticas e das tecnologias ligadas ao sector energético, de acordo com a agência oficial chinesa de notícias Xinhua.

Em 2009, as duas universidades criaram o Centro China-Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia, tendo instalado uma delegação do mesmo nos respectivos campus. Nos últimos anos, o centro tem realizado projectos de investigação em áreas como a energia solar, o desenvolvimento de autocarros híbridos e a extracção petrolífera em águas profundas.

“A intenção do centro é ajudar brasileiros e chineses a identificarem projectos com benefícios mútuos”, afirmou Liu Dehua, Director do centro na China, em declarações à Xinhua.

De acordo com a agência noticiosa, as duas universidades renovaram, este ano, a cooperação ligada ao centro alargando o seu interesse na área da investigação aos carros eléctricos, planeamento energético e energia das marés.

Em comunicado, o Governo brasileiro afirmou à Xinhua que o centro tem incentivado o intercâmbio académico entre engenheiros e estudantes dos dois países, ao mesmo tempo que tem permitido a cientistas das duas nações colaborarem em diversos projectos.