Notícias do Fórum de Macau

Cerimónia de Abertura do “III Fórum de Jovens Empresários entre a China e os Países de Língua Portuguesa”

Realizou-se, na parte da manhã do dia 18 de Outubro, no Salão Florence do Venetian Macao-Resort-Hotel, o “III Fórum de Jovens Empresários entre a China e os Países de Língua Portuguesa” com a organização conjunta do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, da Direcção dos Serviços de Economia, da Comissão de Juventude da Associação Comercial de Macau e da Associação de Jovens Empresários Portugual-China, bem como da Federação Sino Países de Língua Portuguesa e Espanhola. Na mesma ocasião, realiza-se ainda a cerimónia de descerramento da placa do “Centro de Intercâmbio de Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa”.

A actividade teve como convidados de honra o Secretário para a Economia e Finanças, Dr. Leong Vai Tac, o Director-Geral Adjunto do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Dr. Yao Jian, o Secretário de Estado da Internacionalização, Dr. Eurico Brilhante Dias, a Secretária-Geral do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dra. Xu Yingzhen, os Embaixadores dos Países de Língua Portuguesa em Pequim e os seus representantes diplomáticos, bem como o Presidente do Conselho de Administração da Parafuturo de Macau Investment and Development Limited, Dr. Tam Pak Yuen, o Director dos Serviços de Economia do Governo da RAEM, Dr. Tai Kin Ip, e o Presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Dr. Jackson Chang.

“III Fórum de Jovens Empresários entre a China e os Países de Língua Portuguesa”

A presente edição do Fórum de Jovens Empresários contou com a colaboração e apoio de cerca de 30 Associações e Câmaras de Comércio do empreendedorismo jovens, as actividades em destaque no Fórum são: a cerimónia de descerramento da placa do “Centro de Intercâmbio de Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa”, assinatura de um protocolo de colaboração, discursos temáticos e ainda debates temáticos sobre “Interligação mundial, China – Países de Língua Portuguesa” e “De Macau para o Mundo – A importância das Empresas Startups ”.

Pretende-se através do mecanismo de cooperação multilateral do Fórum de Macau e da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa de Macau, promover o intercâmbio e a cooperação entre os jovens empreendedores do Interior da China, de Macau e dos Países de Língua Portuguesa, aprofundando o entendimento mútuo e a amizade, procurando criar mais oportunidades de desenvolvimento e de cooperação entre jovens das partes envolvidas.

Os jovens são pessoas dinâmicas e visionárias e com bons conhecimentos e que estão preparados para assumirem responsabilidades. De pensamento inovador e com espírito criativo, os jovens podem contribuir com os seus esforços para dinamizar o desenvolvimento da China e dos Países de Língua Portuguesa, assim como impulsionar a cooperação em diversas áreas entre o Interior da China, Macau e os Países de Língua Portuguesa.

Centro de Intercâmbio de Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa

  Na Cerimónia de Abertura da 5.a Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, realizada em 2016, Sua Excelência o Primeiro-Ministro do Conselho de Estado, Dr. Li Keqiang, anunciou 18 medidas de apoio aos Países de Língua Portuguesa do Fórum de Macau, entre as quais o estabelecimento do Centro de Intercâmbio de  Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa, destaca-se como uma medida importante para evidenciar o papel de Macau, enquanto elo de ligação entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Trata-se, para além de reforçar o papel de Macau como Plataforma de Serviços de cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, de um apoio importante no suporte à  Plataforma de Serviços e na construção do Centro Mundial de Turismo e de Lazer Internacional. O 13.o Plano Quinquenal da China elege a inovação como uma nova força motriz que impulsiona o desenvolvimento económico. O Plano Quinquenal incentiva o desenvolvimento da inovação tecnológica, da inovação no sector de serviço, da produção inteligente e da indústria de alto valor acrescentado. Os jovens identificam-se pelo seu pensamento inovador e criativo e têm uma atitude proactiva sendo o verdadeiro veículo do espírito de inovação e de promoção industrial ao nível mundial.

Na sua qualidade de Plataforma de Serviços Polivalentes entre a China e os Países de Língua Portuguesa, Macau tem vantagens em diversos sectores, nomeadamente nas vertentes da economia e comércio, investimento, indústria, língua e cultura. De acordo com as últimas tendências que afirmam a inovação industrial e a cooperação inter-regional no empreendedorismo, e de forma a concretizar as medidas anunciadas pelo Governo Chinês na 5.a Conferência Ministerial do Fórum de Macau e consolidar Macau como Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, bem como promover o intercâmbio e a cooperação entre o Interior da China, Macau e os Países de Língua Portuguesa na vertente do empreendedorismo, o Governo da RAEM criou o “Centro de Intercâmbio de Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa”, procurando disponibilizar uma plataforma de empreendedorismo, onde se encontram reunidas ideias inovadoras, congregandos talentos e permitindo compartilhar recursos, sem limites inter-regionais e restrições temporais ou de espaço.

Coincidindo com o 3.º Fórum de Jovens Empresários entre a China e os Países de Língua Portuguesa, a realização da cerimónia de descerramento da placa do “Centro de Intercâmbio de Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa” em 18 de Outubro, marca o momento oficial de entrada em funcionamento do Centro. O “Centro de Intercâmbio de Inovação e Empreendedorismo para Jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa” e o “Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau” funcionam no mesmo espaço.

A cerimónia de descerramento da placa tem como convidados de honra o Secretário para a Economia e Finanças, Dr. Leong Vai Tac, o Director-Geral Adjunto do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Dr. Yao Jian, o Secretário de Estado da Internacionalização de Portugal, Dr. Eurico Brilhante Dias. Durante o Fórum, os convidados testemunharam a cerimónia de assinatura do Acordo de Colaboração entre a “Direcção dos Serviços de Economia” e a empresa “Parafuturo de Macau Investment and Development Limited”. Com este acordo, o “Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau”, será gerido pela empresa “Parafuturo de Macau Investment and Development Limited”, com poderes delegados pela “Direcção dos Serviços de Economia”.