Notícias

Tecnologia agrícola chinesa ajuda a melhorar produção de batata em Moçambique

O sucesso de novas técnicas de cultivo usadas na capital moçambicana, Maputo, pode ajudar a minorar o problema da segurança alimentar no país africano, disse o Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da República Popular da China.

Em comunicado, o Ministério sublinha que a produção de batata no Centro de Demonstração de Tecnologia Agrícola China-Moçambique atingiu 1.760 quilos por hectare em Agosto, mais 300 quilos por hectare do que na anterior colheita.

O Centro quer promover novas técnicas de cultivo em Moçambique para responder à procura local por produtos alimentares, aumentar a produtividade das culturas e subir o rendimento dos agricultores moçambicanos.

Segundo o comunicado, o Centro é gerido pela Lianfeng Overseas Agricultural Development Co, empresa detida pelas autoridades da província de Hubei, na zona central da China.

O Centro, cujas operações arrancaram em 2012, pretende promover a internacionalização de tecnologias agrícolas desenvolvidas pela China e aliviar o problema da segurança alimentar na África subsaariana.