Notícias

Empresas chinesas moderadamente optimistas para 2019: pesquisa

As empresas chinesas estão moderadamente optimistas para 2019, apesar de esperarem vários desafios ao longo do ano, de acordo com um inquérito sobre a economia chinesa citado pelo jornal em língua chinesa Diário do Povo.

Os entrevistados disseram esperar que a reforma tributária do país, bem como novas políticas de promoção à inovação e tecnologia, sustentem o crescimento económico da China este ano.

O inquérito – a 220 executivos das áreas das finanças e contabilidade – foi efectuado pela CPA Austrália, uma das principais organizações profissionais australianas na área da contabilidade. Segundo a CPA Austrália, os entrevistados trabalham para empresas listadas em bolsa, multinacionais, empresas privadas e departamentos governamentais.

O inquérito mostra que mais de 60 por cento dos entrevistados esperam que a China mantenha um crescimento económico superior a 6 por cento este ano, apesar das incertezas em torno da economia global, incluindo o impacto da guerra comercial com os Estados Unidos.

O Governo chinês anunciou na semana passada que o crescimento económico do país se fixou em 6,6 por cento em 2018. O crescimento do produto interno bruto no quarto trimestre foi de 6,4 por cento, em comparação com 6,5 por cento no terceiro trimestre.