Notícias

São Paulo lança vacinação contra COVID-19

Mônica Calazans, uma enfermeira de 54 anos de São Paulo, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a COVID-19 no Brasil, recebendo uma dose da CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech Ltd, avançou a agência noticiosa Reuters.

A vacinação aconteceu no domingo, minutos após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil ter aprovado o pedido de uso de emergência de duas vacinas apresentado pelo centro científico público brasileiro Instituto Butantan. Além da CoronaVac, a Anvisa aprovou também o uso da vacina produzida pela AstraZeneca.

A decisão da Anvisa é uma “vitória da ciência”, escreveu nas redes sociais João Doria, Governador do Estado de São Paulo, no sudeste do Brasil.

O Instituto Butantan disse num comunicado, citado pela Reuters, que cerca de 6 milhões de doses da CoronaVac estão prontas e que tem capacidade para processar mais 46 milhões até Abril.