Notícias

Retalhista chinesa Shein aterra em Lisboa

A retalhista chinesa de fast fashion online começou a explorar espaços físicos em 2018, quando abriu a primeira loja temporária Shein em Nova Iorque. De 4 a 12 de Junho, a marca de fast fashion abre portas duma pop up store, criada em colaboração com a empresa sueca de tecnologia financeira, Klarna, na capital portuguesa, Lisboa.

Após o surto da pandemia, a Shein tem implementado o mesmo conceito de lojas pop up em diferentes locais dos EUA. No passado mês de Setembro, a marca deu o salto para a Europa e replicou a estratégia em Paris. Este ano, Londres, Madrid e Lisboa foram as cidades escolhidas pela retalhista chinesa para abertura de espaços físicos.

Os especialistas estimam que a aposta da Shein em lojas físicas temporárias é somente uma estratégia de marketing que ajuda a reforçar a imagem da marca e alcançar o público mais velho.