Notícias

Retalhista brasileiro vai abrir escritório em Shenzhen

O grupo retalhista brasileiro Lojas Americanas S.A. quer abrir até ao final de 2021 o primeiro escritório de representação no Interior da China, na cidade de Shenzhen, no sul do país.

Segundo O Globo, tal faz parte de um plano de reforço da presença na China: a Americanas pretende começar a importar produtos chineses para os vendedores associados à sua plataforma de comércio electrónico no Brasil, tratando ainda da logística e da entrega.

O retalhista brasileiro irá também oferecer aos vendedores serviços de controlo de qualidade e consultoria no desenvolvimento de produtos exclusivos fabricados na China.

A Americanas quer importar da China mais de 8 mil contentores de produtos até ao final deste ano, avança o jornal brasileiro.

Tinham arrancado em Junho cinco voos semanais, contratados pela empresa, transportando produtos chineses para o Brasil, reduzindo o tempo de entrega de 21 para 11 dias.

Um mês mais tarde, a Americanas abriu um escritório de representação na região de Hong Kong, no sul da China.