Notícias

Regulador de Macau facilita emissão e negociação de títulos financeiros

A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) anunciou que, desde terça-feira, pode atribuir um Número Internacional de Identificação de Títulos (ISIN, na sigla em inglês) a valores mobiliários, tornando mais rápida a emissão de obrigações em Macau e facilitando a sua negociação, mesmo fora da região.

Num comunicado, o regulador sublinha que poderá emitir o ISIN no prazo de dois dias úteis, enquanto até agora “demorava bastante tempo, em virtude das diferenças horárias” na ligação com agências de numeração estrangeiras.

A AMCM apresentou, no ano passado, o pedido de adesão à Associação das Agências Nacionais de Codificação, tendo então começado a preparar o estabelecimento de um sistema de numeração de obrigações.

O Governo de Macau tem vindo a estudar a criação no território de uma bolsa de valores ‘offshore’, denominada em renmimbi, para reforçar o papel da cidade como plataforma de serviços comerciais e financeiros entre a China e os países de língua portuguesa.