Notícias

Receitas da TAAG crescem para 67 milhões de dólares devido ao comércio China-Brasil

Desde Janeiro a Agosto deste ano, a receita total do segmento de carga da Linha Aéreas de Angola (TAAG) foi cerca de 67 milhões de dólares.

Segundo a empresa, a receita total do segmento de carga da TAAG foi um resultado excepcional que ultrapassa o objectivo de 55,5 milhões de dólares estipulado para este ano, 20 por cento acima face ao orçamentado quando ainda faltam quatro meses para o fecho do ano.

Este desempenho positivo resulta do trabalho de equipa e de contratos celebrados pela TAAG para voos charter (exclusivamente de carga) entre a China e a América Latina (Brasil) via Angola.

Actualmente, a TAAG tem diversas ligações activas de Luanda para cidades chinesas (Changsha, Hong Kong, Guangzhou, Shangai Hongqiao ou Beijing) para carregamento das aeronaves. Tipicamente, a carga transportada corresponde a matérias-primas, produtos agrícolas, material de electrónica e bens diversos.