Notícias

China e Angola assinam protocolo para envio de equipa médica

A China e Angola assinaram um protocolo de cooperação para o envio de mais uma equipa médica chinesa para o país africano, de acordo com a agência portuguesa de notícias Lusa.

O Embaixador da China em Angola, Cui Aimin, e a Secretária de Estado da Cooperação do Ministério das Relações Exteriores, Ângela Bragança, assinaram o protocolo na terça-feira, na capital angolana, Luanda. Esta será a quarta equipa médica a ser enviada pela China para Angola, ao abrigo de um programa de assistência médica gratuita estabelecido entre os dois países, de acordo com a notícia.

Citado pela agência Lusa, Cui Aimin afirmou que a equipa de 12 membros incluirá especialistas nas áreas da ortopedia, pediatria e acupunctura. O grupo irá trabalhar durante dois anos no Hospital Geral de Luanda, construído com financiamento chinês.

“Também vamos realizar a segunda doação de materiais médicos para Angola, no valor de 6,5 milhões de yuans (US$974.000). Esta doação está em preparação e deverá chegar a Luanda brevemente”, afirmou o Embaixador.

Cui Aimin recordou que a China ofereceu também a Angola um donativo de US$500.000, destinado a combater o surto de febre amarela que atinge o país africano.

Ângela Bragança afirmou que o novo protocolo representa um reforço da amizade entre os dois países, tendo agradecido à China o apoio que tem vindo a prestar a Angola.