Notícias

Projecto chinês quer resolver escassez de água potável no norte de Moçambique

Um projecto de abastecimento e distribuição de água da empresa chinesa Sinohydro Bureau 11 Co Ltd quer ajudar a resolver a escassez de água potável em Pemba, capital da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique.

Num comunicado divulgado na quarta-feira, a Sinohydro refere que está a construir uma rede de distribuição com uma extensão de 172 quilómetros, incluindo três reservatórios com uma capacidade de 2.000 metros cúbicos cada, e uma torre de água com uma capacidade com 250 metros cúbicos.

Os trabalhos, que envolvem também a reabilitação das infra-estruturas existentes de abastecimento de água em Pemba, começaram em Augusto de 2020 e devem prolongar-se por 15 meses, refere a subsidiária do grupo estatal chinês Power Construction Corporation of China.

O Secretário de Estado de Cabo Delgado, António Njanje Taimo Supeia, disse durante uma recente inspecção às obras que o projecto é muito importante para fornecer água saudável e segura a mais moçambicanos.