Notícias

Projecto agrícola apoiado pela China visa beneficiar mais de 4.500 cabo-verdianos

Um projecto agrícola a implementar em Cabo Verde pela China e pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla inglesa) tem como objectivo beneficiar mais de 4.500 pessoas no país africano.

O Programa de Cooperação Sul-Sul entre a China e a FAO vai contribuir com US$1,5 milhões para o lançamento do projecto. A iniciativa tem uma duração de três anos e conta também com a participação das autoridades cabo-verdianas, avançou o Diário do Povo.

O projecto, iniciado em Fevereiro, pretende reforçar a produtividade agrícola e promover a segurança alimentar e nutricional em Cabo Verde, aliviar a pobreza e criar empregos, sobretudo para jovens e mulheres.

No âmbito do projecto, a China, em parceira com o Ministério cabo-verdiano da Agricultura e Ambiente, vai disponibilizar sete peritos chineses para dar formação no controlo de pragas, valorização de produtos animais e cultivo de algas marinhas.

Segundo o jornal estatal chinês, o Ministro cabo-verdiano da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, disse que esta iniciativa de cooperação trilateral vai ajudar a tornar a agricultura local mais resiliente.