Notícias

China quer desenvolvimento com maior abertura económica: Primeiro-Ministro

A China quer promover o desenvolvimento económico abrindo mais a sua economia, defendeu o Primeiro-Ministro chinês, Li Keqiang, na quarta-feira.

Em declarações na sessão anual da Assembleia-Geral das Nações Unidas – citadas pela agência de notícias Reuters –, Li Keqiang afirmou que a experiência da China ao longo das últimas décadas demonstrou que políticas protecionistas apenas conduziriam a estagnação e retrocesso.

“A China irá abrir ainda mais as suas portas ao mundo exterior”, declarou Li Keqiang, acrescentando que alguns sectores ainda têm de ser amadurecidos.

“As grandes economias precisam de adoptar medidas e uma política macro económica de um modo responsável, tendo em consideração o seu próprio crescimento”, acrescentou o Primeiro-Ministro chinês.

De acordo com dados oficiais, o investimento directo estrangeiro na China cresceu 4,5 por cento em termos anuais nos primeiros oito meses de 2016.