Notícias do Fórum de Macau

Mostra de Teatro da 9.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa decorrerá entre 14 e 19 de Outubro no Teatro D. Pedro V

Entre os dias 14 e 19 de Outubro sobem ao palco do Teatro D. Pedro V as companhias de teatro de Moçambique, Portugal, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e Macau para a Mostra de Teatro dos Países de Língua Portuguesa, integrada na 9ª. Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa.

As companhias de Moçambique (Girassol), Portugal (Nómada – Art & Public Space – Porto), Timor-Leste (Arte Naroman), São Tomé e Príncipe (Nós por Cá) e Macau (Hiu Koc Theatre) apresentam um total de 10 espectáculos ao público de Macau.

Através da peça “Nkatikuloni”, expressão que, em língua changana – língua bantu do sul de Moçambique, designa as mulheres do mesmo marido, a companhia Girassol de Moçambique propõe uma reflexão satírica sobre a condição de se ser esposa e se ser a outra esposa.

“Solange – uma conversa de cabeleireiro” apresentada pela companhia de Portugal tem por espaço um salão cabeleireiro de bairro. Solange não tem papas na língua nem precisa que ninguém lha solte. Inesperadamente revela ser uma amante de poesia e uma voz politizada. Solange encontra na poesia a força de se afirmar, o direito de se contradizer e, nas palavras das mulheres poetisas portuguesas e brasileiras, uma razão para aprofundar o abismo de ser mulher.

A companhia de São Tomé e Princípe apresenta “Feitiçaria”, que tem como espaços cénicos o quintal de uma casa de família, o posto médico e terreiro de um curandeiro, conta a história de uma filha que tinha caluniado o seu pai, acusando-o de feitiçaria e de estar a derramar as suas maldições sobre a sua própria neta, doente.

“Nahe Biti” aborda um dos elementos mais representativos do património cultural de Timor-Leste, reflectindo sobre o cerimonial da formação de uma nova família na tradição local. Pela cerimónia de Nahe Biti é oficializada a união de dois jovens (noiva e noivo) e a formação de uma nova família, representando também a criação de novos laços de amizade e de fraternidade entre duas famílias, por via da tradição Feto san (referente à família do Homem) e de Mane (à da mulher).

As companhias de teatro irão visitar escolas e instituições de ensino superior da RAEM para encontro com os alunos e workshops.

Através desta actividade de índole cultural e artístico, pretende-se promover o intercâmbio com estabelecimentos de ensino do ensino primário, secundário e superior permitindo que os alunos que estudam o português e o chinês possam melhorar os seus conhecimentos linguísticos nas duas línguas. Esta actividade irá contribuir para os esforços na promoção de jovens talentos bilingues de Macau e a plataforma de serviços comerciais bilingue de Macau entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

A 9.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa decorrerá entre os dias 14 a 22 de Outubro e integra várias componentes artísticas entre as quais a música, a gastronomia, o teatro, artes plásticas e artesanato. O Secretariado Permanente do Fórum de Macau promove anualmente o evento reforçando o papel de intercâmbio e ponto de encontro cultural entre a China e os Países de Língua Portuguesa através da Plataforma de Macau no contexto de “Uma Faixa, Uma Rota”.

Programa