Notícias

Portugal responde activamente à Iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”

Sob a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, os indicadores económicos e sociais da China alcançaram um rápido desenvolvimento, e as conquistas de desenvolvimento da China são admiráveis, provando que o futuro da Humanidade pode assentar na cooperação mutuamente vantajosa entre países e povos, disse recentemente ao Diário do Povo, António Felipe, ex-vice-presidente da Assembleia da República de Portugal.

Sublinhou ainda que a participação de Portugal nesse projecto constitui uma oportunidade para a promoção de relações económicas mutuamente vantajosas e favoráveis ao seu desenvolvimento que não deve ser desperdiçada.

Portugal participa activamente na iniciativa. Como uma porta de entrada na Europa e uma janela de comunicação com a África e a América, Portugal tem nos últimos anos promovido fortemente o porto de águas profundas de Sines para ampliar ainda mais a interconectividade da Eurásia.