Notícias

Petrolífera chinesa quer começar a produzir gás natural em Moçambique em 2022

A China National Petroleum Corp (CNPC) diz que 89 por cento da montagem de uma plataforma de exploração de gás natural liquefeito está concluída e a petrolífera estatal chinesa espera começar a produção na costa ao largo do norte de Moçambique em 2022.

Num comunicado, a CNPC diz que a plataforma está actualmente num período experimental de operações ainda em terra, antes de ser deslocada para o campo de Coral, na Bacia do Rovuma.

O comunicado, divulgado na terça-feira, sublinha que a plataforma terá capacidade para liquidificar 3,4 milhões de toneladas de gás natural por ano, assim como armazenar e exportar o gás.

O consórcio, que inclui a CNPC, a empresa portuguesa Galp Energia S.A. e a petrolífera estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, lançou o projecto em 2017.

Esta é a primeira plataforma de exploração de gás natural liquefeito desenhada para águas profundas e a primeira construída para o continente africano.