Notícias

Petróleo angolano beneficia de novos procedimentos alfandegários na China

Um petroleiro com crude vindo de Angola foi o primeiro navio a beneficiar de novos procedimentos alfandegários implementados pela Administração Geral das Alfândegas da China, avançou o Dazhong Daily.

Segundo o diário estatal chinês, o petroleiro, com 46 mil toneladas de crude a bordo, atracou no porto de Dongying, na província de Shandong, no leste da China, na sexta-feira.

Os inspectores alfandegários embarcaram de imediato no navio, tendo demorado somente 40 minutos para recolher amostras do crude, antes de dar luz verde para o petróleo ser descarregado, refere a notícia.

O Director-Geral Adjunto da Dongying Yatong Petrochemical Co Ltd, Chen Xingyuan, disse ao Dazhong Daily que os novos procedimentos, que entraram em vigor a 1 de Outubro, podem reduzir em dois a três dias o tempo que os petroleiros passam nos portos chineses, permitindo aos importadores poupar cerca de 4 milhões de yuan (US$593.100) por mês em custos associados.