Notícias do Fórum de Macau

Fórum de Macau participa na Exposição Internacional de Importações da China

Com vista a apoiar as empresas a um melhor conhecimento dos Países de Língua Portuguesa e dos seus produtos, bem como reforçar o intercâmbio económico e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, uma delegação do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, chefiada pela Secretária-Geral, Dra. Xu Yingzhen, deslocou-se a Xangai entre os dias 4 e 6 de Novembro para participar na 1.ª Exposição Internacional de Importações da China (CIIE).

Durante a visita, a delegação visitou vários pavilhões, a zona de exposição “Macao Hub” e organizou – em conjunto com o Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Popular do Município de Xangai e do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) – o “Fórum de Investimento e de Cooperação de Macau – apresentação sobre a Plataforma de Serviços para Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”.

Foi ainda realizada entre os dias 5 e 10 de Novembro, no Centro Nacional de Exposições e Convenções de Xangai, a “1.ª Exposição Internacional de Importação da China” (CIIE), evento organizado conjuntamente pelo Ministério do Comércio da República Popular da China e pelo Governo Popular do Município de Xangai. A Exposição é composta por duas partes, a Feira Nacional de Comércio e Investimento de Empresas e Comércio e o Fórum Internacional de Economia e Comércio de Hongqiao, sendo esta uma importante medida do Governo chinês, que visa apoiar a liberalização do comércio e a globalização económica, abrindo, por iniciativa própria, o mercado chinês ao mundo.

Realizou-se, na manhã do dia 6 de Novembro, no Centro Nacional de Exposições e Convenções de Xangai, o “Fórum de Investimento e de Cooperação de Macau – apresentação da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”. O Fórum contou com a presença de vários oficiais: Secretário para a Economia e Finanças da RAEM, Dr. Leong Vai Tac; Subdirector-Geral do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Dr. Yao Jian; Subdirector do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Popular do Município de Xangai, Dr. Zhou Yajun; Secretária-Geral do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dra. Xu Yingzhen; e Vogal Executivo do IPIM, Dr. Sam Lei.

O objectivo principal do eventopassou por apresentar aos participantes o Fórum de Macau, a Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial Sino-Lusófona e o Fundo de Cooperação e Desenvolvimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa, entre outros. Foram realizadas, ainda, apresentações pelos Países de Língua Portuguesa e pelas empresas de Macau. A par disso, foi organizada a celebração de três projectos de cooperação, tendo como objectivo reforçar o desenvolvimento da Plataforma Sino-lusófona, dinamizar a cooperação diversificada no âmbito de empreendedorismo para jovens, serviços financeiros com características próprias, ciência e tecnologia e comércio internacional, promover a cooperação alusiva à venda de vinhos e fomentar a amizade entre associações comerciais.

A Secretária-Geral, Dra. Xu Yingzhen, na sua intervenção, sublinhou que o Relatório do 19.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China referiu o “apoio à integração de Hong Kong e Macau” no desenvolvimento do País, com a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, a cooperação entre Guangdong, Hong Kong e Macau e destacando a cooperação da região do Pan-Delta do Rio das Pérolas, promovendo de uma forma integral, a cooperação visando benefícios mútuos entre o Interior da China, Hong Kong e Macau.

Nos últimos anos, Macau tem desempenhado um papel de grande relevo na ajuda às empresas do Interior da China no sentido de conhecer os Países de Língua Portuguesa e os seus produtos, bem como, entrar nos mercados dos Países Lusófonos, reforçando o contacto entre as diversas províncias, os municípios do Interior da China e os Países de Língua Portuguesa, procurando apoiar a cooperação económica e comercial entre as duas partes.

A Dra. Xu Yingzhen espera que as empresas da China e dos Países de Língua Portuguesa aproveitem plenamente as vantagens providenciadas por Macau, como plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, para que continuem a desenvolver-se e a crescer, a fim de alcançar benefícios mútuos entre o Interior da China, Macau e os Países de Língua Portuguesa.

Durante a visita a Xangai, a delegação teve ainda um encontro com os representantes do governo do distrito de Baoshan de Xangai, tendo também visitado empresas locais de robótica, o Museu da Cultura e de Impressão 3D da China e o Centro de Exposições de Alimentação e Bebidas Alcoólicas dos Países e Regiões da Lusofonia em Macau. A delegação estabeleceu ainda, relações e contactos com diversas empresas.