Notícias

Peritos chineses “espreitam” plantas medicinais brasileiras

A abundância de plantas medicinais no Brasil pode estimular o comércio farmacêutico com a China, disse a Directora-Adjunta da Câmara de Comércio Chinesa para a Importação e Exportação de Medicamentos e Produtos de Saúde, Liu Yan.

A responsável falava na semana passada, durante um seminário realizado através de videoconferência que discutiu a cooperação internacional contra a COVID-19 usando a medicina tradicional, avançou a câmara.

Segundo um comunicado, a primeira sessão do seminário atraiu mais de 100 peritos da China e do Brasil para debater oportunidades de cooperação na área das plantas medicinais.

Os produtos derivados de plantas medicinais podem responder à forte procura na China por medicina tradicional, sobretudo durante a pandemia, e eventualmente tornarem-se numa importante fonte de exportações brasileiras para a China, avançou a câmara.

O seminário, com o apoio das autoridades da China e do Brasil, vai incluir mais duas sessões, amanhã e a 26 de Maio.