Notícias

China e Brasil querem reforçar parceria estratégica

Altos funcionários da China e do Brasil comprometeram-se a reforçar a parceria estratégica global sino-brasileira, num encontro em Brasília, capital do país sul-americano, na sexta-feira, avançou a Xinhua.

Segundo a agência noticiosa estatal chinesa, o Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência do Brasil, Augusto Heleno, encontrou-se com o Director do Gabinete da Comissão Central de Relações Exteriores da China, Yang Jiechi, que está de visita ao Brasil para a 9.ª Reunião dos Altos Representantes do BRICS para a Segurança.

Yang Jiechi, também membro do Politburo do Comité Central do Partido Comunista chinês, disse que a cooperação pragmática entre a China e o Brasil se tornou num exemplo para grandes países em desenvolvimento.

O dirigente chinês sugeriu a integração entre a iniciativa chinesa “Uma Faixa, Uma Rota” e o plano de desenvolvimento do Brasil, além do reforço do intercâmbio entre pessoas e uma maior coordenação a nível internacional.

De acordo com a Xinhua, Augusto Heleno disse que o Brasil gostaria de reforçar a cooperação pragmática com a China nas áreas do comércio, infra-estruturas, agricultura, ciência e tecnologia.

O Presidente brasileiro Jair Bolsonaro vai realizar esta semana a primeira visita oficial à China, enquanto o Presidente chinês Xi Jinping irá viajar para o Brasil no próximo mês para participar numa cimeira dos chefes de Estado do grupo BRICS: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.