NOTÍCIAS DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ANGOLA
Novo aeroporto de Luanda deverá estar pronto em Março de 2023

O Ministro angolano dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, disse que a empresa estatal chinesa Aviation Industry Corp of China (AVIC) deverá completar a construção do novo aeroporto internacional de Luanda, que custará 1,4 mil milhões de dólares americanos, até Março de 2023.
O novo aeroporto, com duas pistas e situado a 40 quilómetros do centro da capital angolana, terá capacidade para acolher 15 milhões de passageiros
por ano.

BRASIL
LongPing acelera obras para quintuplicar a produção de milho

A LongPing High-Tech, subsidiária brasileira LongPing AgriScience, prevê quintuplicar a sua capacidade da produção de sementes de milho, passando de 4 milhões para 20 milhões de sacos. O objectivo é assumir a liderança no mercado de sementes de milho. As obras devem ficar concluídas até Setembro.
Segundo o presidente da LongPing High-Tech, Aldenir Sgarbossa, o Brasil está a caminhar para uma área plantada de 30 milhões de hectares de milho e a expansão vai ocorrer em Mato Grosso e no Nordeste do país. Por isso, a empresa investe forte em Mato Grosso para atender o Centro-Oeste, Maranhão, Piauí, Tocantins e Pará.

CABO VERDE
Grupo belga vai investir 550 milhões de euros em empreendimento turístico na ilha do Sal em Cabo Verde

A ilha do Sal, em Cabo Verde, vai receber nos próximos 15 anos um investimento de 550 milhões de euros, de um grupo belga, para a construção de um empreendimento turístico que vai ocupar uma área de quase 500 mil metros quadrados.
O governo de Cabo Verde assinou com o Cabobel Resort Group, com sede na ilha de São Vicente, um acordo que autoriza a construção do empreendimento turístico denominado Ponta Serena, em Santa Maria na ilha do Sal.

GUINÉ-BISSAU
Empresa chinesa vai ser responsável pela construção do Palácio da Cultura da Guiné-Bissau

As obras para a construção do Palácio da Cultura na Guiné-Bissau vão iniciar-se ainda este ano, num projecto financiado e edificado por uma empresa chinesa, anunciou o secretário de Estado da Cultura guineense, Francelino da Cunha.
Com um orçamento de um pouco mais de 8 milhões de euros, o projecto albergará, entre outros departamentos culturais, a Escola de Música e galerias de artes plásticas.

GUINÉ EQUATORIAL
China Railway Construction Corporation negocia refinaria de petróleo de 450 milhões de dólares americanos na Guiné Equatorial

A China Railway Construction Corporation Limited (CRCC) está a negociar com o governo da Guiné Equatorial a construção de uma refinaria de petróleo no valor de 450 milhões de dólares americanos.
O projecto da CRCC prevê que a infraestrutura refinará pelo menos 20 mil barris por dia, produzirá asfalto, embalagens plásticas e outros derivados
de petróleo.

MOÇAMBIQUE
PowerChina assina contrato para projectoda rede de transmissão de 110kV em Nipepe, Moçambique

A Power Construction Corp. of China (PowerChina) celebrou com a empresa mineira chinesa Jinan Yuxiao Group um contrato EPC para a rede de transmissão de energia eléctrica de 110 kV no Distrito de Nipepe, em Moçambique. Esta cooperação entre as partes em Moçambique assinala um marco importante, pois vem consolidar a proeminência da PowerChina na transmissão e distribuição de electricidade do país.
O projecto inclui a construção da rede de transmissão de 110 kV com uma extensão total de 104 quilómetros, assim como da rede de distribuição de baixa tensão de 10 kV com uma extensão de 27 quilómetros. O projecto garantirá a distribuição de electricidade para o projecto de exploração de grafite em Nipepe com investimento da Jinan Yuxiao Group.

PORTUGAL
EDP vai instalar energia solar em unidades da Faurecia na China, Coreia do Sul e Japão

A EDP vai instalar até 100 megawatts-pico de energia solar distribuída em unidades da Faurecia na Europa, Ásia e América do Norte, segundo um comunicado
da empresa.
Até ao final de 2023, a empresa pretende instalar mais de 60 parques solares de autoconsumo nas fábricas da empresa de componentes automóveis Faurecia em Portugal, Espanha, Itália, Estados Unidos, China, Coreia do Sul, Japão e Tailândia.

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
Embaixadora da China promete apoiar projecto-piloto para redução da pobreza em São Tomé e Príncipe

A Embaixadora da China em São Tomé e Príncipe,
Xu Yingzhen, prometeu que os dois países vão trabalhar em conjunto para reduzir a pobreza na aldeia de Caldeiras, no norte da ilha de São Tomé.
Segundo um comunicado da Embaixada chinesa, a diplomata disse, durante uma visita a Caldeiras, que o objectivo é aumentar a produção agrícola e melhorar a educação e cuidados de saúde.

TIMOR-LESTE
Timor-Leste “não tem café que chegue” para a procura, diz empresário de Macau

Timor-Leste “já não tem café que chegue” para a crescente procura, nomeadamente no Interior da China, disse um empresário de Macau que importa 7 a 8 contentores de café por ano do Timor-Leste desde a restauração da independência, há 20 anos.
Os grãos são vendidos, na sua maior parte, a fábricas em Macau, onde são torrados e processados e o café empacotado, antes de ser exportado para o Interior da China. No entanto, a maioria dos grãos que o empresário importa de Timor-Leste vai directamente para o Interior da China, onde as vendas “têm crescido muito, a uma média de 20% ou mais ao ano”, segundo
o empresário.