Notícias

Novo Governo da Guiné-Bissau tomou posse segunda-feira

O novo Governo da Guiné-Bissau, liderado por Baciro Djá, tomou posse esta segunda-feira, quase um mês depois de o Presidente José Mário Vaz ter destituído o anterior Primeiro-Ministro, Domingo Simões Pereira.

A tomada de posse ocorreu pouco depois da assinatura de um Pacto de Estabilidade entre Baciro Djá e o Partido da Renovação Social (PRS), segunda maior força política do país, que confirmou na passada sexta-feira a sua participação no novo Executivo.

Segundo um decreto presidencial, o novo Governo guineense é formado por 16 ministros e 15 secretários de Estado. O PRS garantiu cinco ministérios e cinco secretarias de Estado, a par de outros postos governamentais e diplomáticos.

Entre os principais ministérios, apenas não foi nomeado o novo titular da pasta das Finanças. Rui Dia de Souza, do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), foi reconduzido como Ministro dos Negócios Estrangeiros.

O PAIGC já tinha declarado publicamente que não apoia a nomeação de Baciro Djá para Primeiro-Ministro.

O Presidente guineense dissolveu no mês passado o Governo liderado por Domingos Simões Pereira, por motivos de política interna.