Notícias

Governo de Moçambique aprova construção de terminal marítimo de gás natural  

O Governo de Moçambique aprovou um contrato de concessão que vai permitir avançar com o projeto de construção de um terminal marítimo de gás natural liquefeito em Palma, no Norte do país, noticiou a agência de notícias Lusa.

A “luz verde” para o investimento representa mais um passo para edificar a rede de infra-estruturas que vai permitir exportar gás natural extraído ao largo de Moçambique, num grande projecto que conta com a participação da China National Petroleum.

No âmbito do contrato, a ser outorgado entre o Governo e a sociedade Mozambique LNG Marine Terminal Company SA, a concessionária irá construir, instalar, deter, financiar, gerir e operar o terminal marítimo.

Também foi aprovada esta semana a instalação da infra-estrutura de descarga de material, através da qual o gás natural liquefeito será transferido para navios cargueiros.

O projecto de exploração de gás natural liquefeito ao largo da costa de Moçambique conta com o financiamento de três bancos chineses: Banco da China, Banco de Desenvolvimento da China e Banco Industrial e Comercial da China (ICBC).