Notícias

Moçambique quer mais comércio e cooperação agrícola com a China

O Vice-Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural de Moçambique, Olegário dos Anjos Banze, disse na terça-feira que Moçambique quer expandir o comércio agrícola com a China.

O governante falava durante um encontro com o Representante Permanente da China junto da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, Guang Defu, para discutir potenciais intercâmbios de tecnologia agrícola.

Olegário dos Anjos Banze agradeceu à China por criar um centro sino-moçambicano de demonstração de tecnologia agrícola na capital moçambicana, Maputo, para ajudar a melhorar as técnicas de produção agrícola.

O centro tem melhorado as condições de vida dos moçambicanos ao encorajá-los a aprender mais técnicas agrícolas, defendeu o Vice-Ministro, citado num comunicado do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China.

Segundo o comunicado, divulgado na quarta-feira, Guang Defu convidou Moçambique a promover produtos como a castanha de caju, sisal e feijões na Exposição Internacional de Importação da China, a ter lugar em Novembro.