Notícias

China e São Tomé e Príncipe visam plano de cooperação a cinco anos

A China está disponível para desenvolver estratégias conjuntas com São Tomé e Príncipe, a fim de implementar um plano de cooperação bilateral a cinco anos, afirmou o Primeiro-Ministro chinês, Li Keqiang.

Citado pela agência oficial chinesa de notícias Xinhua, Li Keqiang falava na quarta-feira numa reunião, em Pequim, com o Primeiro-Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, que está a efectuar a sua primeira visita oficial à China desde que os dois países retomaram os laços diplomáticos oficiais em Dezembro.

De acordo com a Xinhua, as duas nações assinaram esta semana uma série de acordos de cooperação nas áreas da economia, infra-estruturas, turismo, agricultura e pescas, tendo estes dois últimos sectores sido apontados como importantes domínios para a cooperação.

Li Keqiang afirmou que a China está disponível para reforçar a confiança política mútua, promover uma cooperação pragmática e alargar o intercâmbio entre as populações das duas nações, a fim de abrir um novo capítulo nas relações entre os dois países.

O Primeiro-Ministro chinês referiu ainda que a China irá oferecer mais oportunidades para os cidadãos de São Tomé e Príncipe estudarem ou receberem formação profissional no país asiático, bem como irá enviar equipas médicas para a nação africana.

Também citado pela Xinhua, Patrice Trovoada afirmou que São Tomé e Príncipe irá proporcionar condições favoráveis ao investimento chinês no arquipélago. O governante mostrou-se ainda entusiasmado com o desenvolvimento das relações bilaterais.