Notícias

Cooperação com Macau resulta no primeiro hospital privado em Cabo Verde  

O primeiro hospital privado de Cabo Verde vai ser construído na sequência de um protocolo assinado entre a empresa promotora – Figueiredo e Tavares, Consultadoria em Saúde – e a companhia de Macau Chinlumac Corporation. O acordo foi assinado durante o último Encontro de Empresários para a Cooperação Económica entre a China e os Países de Língua Portuguesa, que decorreu na cidade da Praia, segundo a agência noticiosa Lusa.

Emanuel Figueiredo, co-proprietário da empresa promotora, avançou à Lusa que a concretização do projecto de construção do hospital privado seria possível com o apoio do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O responsável adiantou ainda que o projecto do hospital nasceu na sequência do empreendimento turístico que o empresário de Macau David Chow está a construir na cidade da Praia. O hospital privado terá como objetivo prioritário servir o sector do turismo.

Num investimento que deverá ascender a 27 milhões de euros (US$30,1 milhões), o projecto prevê que o hospital ocupe uma área de mais de 1.500 metros quadrados distribuídos por quatro pisos destinados a diferentes áreas: materno-infantil, fisioterapia e reabilitação, urgências e consultas de medicina geral, cuidados cirúrgicos, cuidados médicos e serviços de apoio.