Notícias

Macau vai criar pavilhão de exposições sino-lusófono

O Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, em Macau, vai ter um pavilhão de exposições, que poderá estar pronto ainda este ano.

O pavilhão, com 3.100 metros quadrados, vai acolher exposições dedicadas à cooperação sino-lusófona e à cultura e história dos Países de Língua Portuguesa, assim como um centro de serviço para empresas e um centro de informações.

O projecto inclui ainda uma sala polivalente, com 3.500 metros quadrados, para receber actividades de pequena e grande dimensão, avançou a Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes (DSSOPT) de Macau.

A DSSOPT abriu na terça-feira as propostas de um concurso público relativo às obras de implementação do pavilhão. Segundo um comunicado, os trabalhos de execução devem começar no terceiro trimestre deste ano, com um prazo máximo de execução de cinco meses.