Notícias

Macau promove investimento nos mercados lusófonos em Xangai

Quase 120 executivos e dirigentes públicos participaram no sábado num seminário de promoção do investimento nos Países de Língua Portuguesa, durante a quarta Exposição Internacional de Importação da China, que termina amanhã em Xangai.

O evento incluiu ainda 72 reuniões no âmbito de uma sessão de bolsas de contacto, e uma sessão de degustação de vinhos de Países de Língua Portuguesa, disse o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM).

Segundo um comunicado, o seminário teve como objectivo reforçar o papel de Macau como plataforma de serviços financeiros e jurídicos entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Macau pode ter um papel activo no apoio a empresas do Interior da China que pretendam apostar nos mercados lusófonos, defendeu Zhou Yajun, Director-Adjunto do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Governo Municipal de Xangai.

O seminário foi co-organizado pelo IPIM, a Autoridade Monetária de Macau, a delegação em Xangai do Conselho para a Promoção do Comércio Internacional da China, a Associação de Bancos de Macau, a Associação dos Advogados de Macau e a Empresa de Gestão do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China – Países de Língua Portuguesa Co., Lda.