Notícias do Fórum de Macau

Reforço da cooperação económica, comercial e cultural entre a China e os Países de Língua Portuguesa através da Plataforma de Macau

O Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) continua a estar presente na “22.ª Feira Internacional de Macau” (MIF) com o “Pavilhão dos Países de Língua Portuguesa” e, paralelamente, estará ainda representado através de um stand na 1.ª edição da “Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa” (PLPEX). No dia 19 de Outubro, o Secretariado Permanente do Fórum de Macau participou na Cerimónia de Abertura da MIF e deslocou-se ao stand, estabelecido pelo Secretariado Permanente do Fórum de Macau, na PLPEX para troca de impressões e intercâmbio.

O Pavilhão dos Países de Língua Portuguesa está localizado no Hotel de Venetian Macao, com uma área de 180 metros quadrados, no qual se encontram 8 stands dos Países de Língua Portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) para divulgação do ambiente de investimento e de negócio dos Países de Língua Portuguesa ao público, através de textos, fotografias, vídeos e apresentação de produtos com o intuito de promover o Fórum de Macau e a Plataforma de Macau. O Governo da RAEM disponibilizou cerca de 10 trabalhadores bilingues para apoiar os Delegados junto do Fórum de Macau e as empresas dos respectivos países a procederem à bolsa de contacto, com vista a iniciar as actividades comerciais entre as empresas da China e dos Países de Língua Portuguesa, procurando oportunidades de comércio. Para além disso, aproveitando a oportunidade da realização da 9.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, pela primeira vez, os artistas dos Países de Língua Portuguesa, com os seus produtos artísticos, participaram na MIF e na PLPEX.

Ao longo dos anos, o Pavilhão dos Países de Língua Portuguesa tem atraído anualmente cerca de 5000 visitantes. Através do Pavilhão, os participantes e os empresários podem conhecer a actual situação da cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, as oportunidades de negócio e de investimento no mundo lusófono, assim como os produtos típicos e bens de consumo dos Países de Língua Portuguesa. Como nova tentativa, este ano, pela primeira vez, foram integradas as actividades da Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa na MIF e na PLPEX, a fim de trazer as características culturais e artísticas dos Países de Língua Portuguesa nesse evento, promovendo o intercâmbio e a cooperação comercial, cultural e criativa, com forma de acrescentar uma nova componente. Esta mostra dos Países de Língua Portuguesa tem sido objecto de atenção muito especial e já é uma referência nos meios empresariais locais e internacionais e demais autoridades participantes na MIF e na PLPEX, o que contribuirá para aprofundar a cooperação económica regional entre o Interior da China, Macau e os Países de Língua Portuguesa, fornecendo novas oportunidades do desenvolvimento comum, de forma a desempenhar melhor o papel de Macau como Plataforma de Serviços Comerciais.