Notícias

Macau cria comissão para promover laços sino-lusófonos

O Governo da Região Administrativa Especial de Macau, na China, criou uma nova comissão para reforçar o papel da cidade enquanto plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

A Comissão para o Desenvolvimento da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa terá como missão elaborar estudos e definir políticas visando o aprofundamento do papel de Macau enquanto ponte sino-lusófona, uma estratégia apoiada pelo Governo Central da China.

De acordo com uma nota do Governo de Macau, o desenvolvimento da cidade como plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países lusófonos visa aproveitar a posição única do território. Esta plataforma pretende promover laços que beneficiem mutuamente a China Continental, os Países de Língua Portuguesa e Macau.

A nova comissão, anunciada esta semana, será presidida pelo Chefe do Executivo de Macau.

A nota sublinha ainda que, no âmbito da plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países lusófonos, Macau tem vindo já a contribuir para o impulsionamento do intercâmbio cultural e comercial entre as duas partes. A prestação de serviços profissionais nas áreas linguística, jurídica e contabilística tem sido um domínios de intervenção de Macau, acrescenta a nota.