Notícias

Lançados primeiros livros sobre amizade China-Moçambique

As “Actas da Conferência sobre a Amizade Tradicional Sino-Moçambicana” e um álbum ilustrado sobre as revoluções políticas nos dois países foram lançados numa cerimónia realizada em Moçambique na segunda-feira.

Segundo um comunicado da Embaixada da China em Maputo, o Embaixador Wang Hejun disse que a tradicional amizade sino-moçambicana pode ajudar a acelerar o desenvolvimento de ambos os países e elevar a cooperação bilateral a novos patamares.

O Ministro moçambicano dos Combatentes, Carlos Jorge Siliya, agradeceu à Embaixada chinesa pelo apoio na edição dos livros e disse que Moçambique pode aprender com a vasta experiência da China na preservação da memória revolucionária.

O antigo presidente de Moçambique, Joaquim Chissano, dirigentes governamentais moçambicanos, representantes dos veteranos da guerra da independência de Moçambique e académicos participaram também na cerimónia.