Notícias

Recuperação da economia angolana arranca em 2019, diz FMI

A recuperação da economia angolana vai começar em 2019, como reflexo positivo das medidas e políticas implementadas pelo governo de Luanda, disse Max Alier, representante do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Angola.

Segundo a Angop, Max Alier falava durante a apresentação do relatório do FMI sobre as Perspectivas Económicas Regionais para a África Subsaariana, que decorreu na capital angolana, Luanda, na quinta-feira.

De acordo com a agência noticiosa estatal angolana, o FMI acredita que a África subsaariana irá crescer 4 por cento em 2019, um ligeiro aumento em relação ao previsto para este ano, 3,1 por cento, enquanto a inflação tem vindo a cair em muitos países da região.

Embora as perspectivas para a África subsaariana continuem positivas, Max Alier avisou que os riscos têm aumentado, devido à situação actual da economia global e às tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China.